Os conteúdos expostos nesta página não têm fins lucrativos. Tem como único objetivo defender a inocência de Michael Jackson.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O CASO DE DEE DEE JACKSON QUE MORREU MESES APÓS O APARENTE ENCERRAMENTO DO CASO CHANDLER


 


 BREVE HISTÓRIA DA FAMÍLIA TITO E DELORES "DEE DEE"

Tito, um dos irmãos mais velhos de Michael, se casou em 1972 com Delores "Dee Dee" Martez.
Dee Dee nasceu em Nova Iorque e era filha de pais dominicanos que se separaram quando ela ainda era bebê, Conheceu Tito quando ambos estudaram na Fairfax High School de Los Ângeles, cidade onde ela foi morar com a mãe e três irmãs em 1968. Casaram-se em junho de 1972 e assim permanecendo até o ano de 1988. Tiveram tres filhos: Toriano Adaryll (o Taj), Taryll e Tito Joe.
Ela fez questão que seus filhos recebessem uma educação de qualidade. Eles estudaram na "The Buckley School" de Los Ângeles.
Como viu os Jackson Five desde cedo na estrada do show business, não se entusiasmou para que seus filhos se encaminhassem muito pequenos para esse lado, pois havia presenciado o quanto foi dura a vida de Tito e dos irmãos logo cedo na indústria da música.
Os filhos demonstraram talento desde cedo, mas somente mais tarde, acompanhando Michael e Janet em turnês e recebendo conselhos de ambos, é que a carreira tomou um rumo natural. A uma certa altura, o próprio Michael perguntou a Taj:

"Tem certeza que quer fazer isto?"

Porém, nenhum dos três abandonou os estudos e fizeram graduação, além da carreira musical. Dee Dee atuava como gerente do grupo que ela mesma ajudou a denominar 3T.
Após a morte da mãe, eles passaram a morar com o pai. No princípio, devido ao sofrimento causado pela perda, eles não se sentiram muito motivados para continuar o projeto do primeiro álbum.

"Nós não temos qualquer incentivo para cantar mais, nossa mãe foi a quarta T. Ela foi a nossa inspiração, e ela se foi."

Mas, como sua mãe havia sido uma colaboradora e incentivadora do trabalho que havia sido interrompido com sua morte, eles tiveram forças para retomá-lo, e assim, o álbum que contou com a colaboração de Michael, Marlon, Jack e Jermaine, além do pai Tito, foi dedicado a ela.



COMO O CRIME OCORREU
Em 27 de agosto de 1994, sete meses após o aparente desfecho do caso Chandler, Dee Dee, que na época tinha 39 anos, foi morta em uma piscina.
Seu namorado Donald Bohana - ligou para o 911 dizendo que havia ocorido um acidente em sua casa e alegou que Dee Dee havia caído na piscina e se ferido e que ele, por sua vez, tentou puxá-la com um líquido de limpeza da piscina.
Bohana  tentou sustentar a versão de que estavam nadando juntos, ele ausentou-se por um tempo, e quando voltou ao local encontrou-a morta no fundo da piscina.
No entanto, assim que a polícia chegou, encontraram-na junto a uma árvore. A autópsia revelou que ela morreu de asfixia por ingestão de álcool e afogamento, tinha hematomas e cortes pelo corpo, o que caracterizou não ser um simples afogamento. 
No relatório, foi especificado que ela possuía cortes e contusões numerosas nos lábios, língua e orelha, bem como machucado na cabeça. Segundo uma porta-voz do distrito de Los Ângeles - Victoria Pipkin - as evidências do crime mostraram que Dee Dee havia sido espancada e em seguida, jogada na piscina.
Segundo a família Jackson, Dee Dee, além de não saber nadar, tinha medo de água.
Então, o caso foi reaberto em dezembro de 1994.
Os tres sobrinhos de Michael entraram com uma ação contra Bohana por homicídio, solicitando uma indenização de 2 milhões de dólares. A ação impetrada por eles na Corte Distrital de Los Ângeles, alegou que Bohana bateu em sua mãe por várias horas, sufocando-a antes de colocar sua cabeça dentro d'água.
O processo também alegava que algumas semanas antes da morte, Bohana havia pedido concordata.
Brian Oximan, que na época já era um dos advogados da família de Michael, declarou:

"Bohana devia aproximadamente 2 milhões de dólares no dia da morte de Dee Dee, tinha ativos de 800 mil dólares, e estava em dificuldades financeiras graves. Ele a conheceu dois meses antes da morte dela. 
QUANDO AS PESSOAS CONHECEM UM MEMBRO DA FAMÍLIA JACKSON, PENSAM AUTOMATICAMENTE EM DINHEIRO.
Bohana tentou pressionar Dee Dee para ajudá-lo a sair de suas dificuldades financeiras. Quando ela recusou, ambos brigaram, acreditamos, por quase quatro horas, começando desde a chegada de Bohana em casa, por volta das 11h30 da noite do dia 26/07. Foi uma luta terrível, ela tinha um total de 58 ferimentos, que incluem marcas de arranhões e contusões".

Bohana, que tinha por volta de 58/59 anos quando o crime ocorreu,  foi condenado a 15 anos de prisão em 1998.
Tito, irmão de Michael, comentou na ocasião do veredicto que condenou o homem que matou a mãe de seus três filhos:

"Ela era apenas uma mãe cuidadosa e estes meninos foram roubados de algo que nada pode lhes trazer de volta."

COMO OS FILHOS RECEBERAM A NOTÍCIA
 Os filhos de Dee Dee estavam no estúdio de gravação na madrugada do crime, quando receberam a notícia vinda da filha de Bohana, dizendo que a mãe deles havia sofrido um acidente. Eles esperavam que não fosse nada grave e se dirigiram ao Daniel Freeman Memorial Hospital na Califórnia. Ao perguntarem dela aos médicos, receberam uma resposta direta e sem rodeios: "Ela está morta."
Apesar do choque pela morte da mãe, eles não contestaram os resultados preliminares que indicavam que ela havia morrido acidentalmente. Mas, três meses depois, as suspeitas aumentaram, pois eles sabiam que sua mãe não sabia nadar e o condado de LA havia resolvido reabrir o caso após o relatório do legista.
A partir daí a família decidiu entrar com o processo de morte por negligência contra Bohana, em agosto de 1995.
Na ação, Tito diz:

"É fácil ver que foi mais do que um afogamento. Meus filhos vieram até mim e disseram para que eu não o deixasse fugir com isso."

Na ação, consta que Bohana tinha feito seguro para a franquia de um restaurante em abril de 1994 e que, após Dee Dee recusar-se a ajudá-lo financeiramente, afogou-a na piscina. Taj disse:

"Minha mãe fez certo e tivemos uma infância de verdade, com festas de aniversário, passeios em família, tudo isso. Queremos que a justiça seja feita. Nossa mãe era tudo para nós." 

VÍDEO SOBRE DEE DEE 
 
video
 
 
O caso Dee Dee, foi, sem dúvida uma das GRAVES CONSEQUÊNCIAS de tudo o que se protagonizou no caso da extorsão de Evan Chandler.
A forma como tudo aconteceu, a grotesca, avassaladora e parcial cobertura, um escândalo fabricado por Chandler e amplamente endossado pela mídia...

 
SENTIMENTOS DE UM FILHO
 


O PIOR DIA DE MINHA VIDA
"Eu tenho muitas emoções misturadas sobre o mês de agosto. Por um lado, o meu aniversário é no início do mês. Costumamos comemorar com os entes queridos e são um tempo maravilhoso.Mas algo muda dentro de mim em algum lugar em meados do mês.
Você vê, agosto será sempre ofuscada pela morte de minha mãe. No final do mês eu começo a ter uma sensação de enorme vazio dentro de mim que não consigo explicar e eu começo a entrar em modo solitário. Por dias e dias eu fico nesse clima. Isto aconteceu-me todos os anos desde o assassinato de minha mãe em 1994. Não ficou nem um pouco mais fácil lidar com ele, e eu não acho que algum dia será. Só assim vocês sabem, eu estarei postando no blog em breve novamente. Eu não esqueci de vocês. Mas agora, eu preciso desse tempo emocional para mim.
Obrigado pela compreensão."
Taj Jackson - agosto de 2007 



"Minha mãe era a mulher mais linda que já vi. Tudo o que eu sou, devo a minha mãe. Atribuo todo o meu sucesso na vida à educação moral, intelectual e física que recebi dela".
 Taj Jackson - junho de 2007 


JUSTIÇA POR PELO MENOS MAIS QUATRO ANOS
"Foi um longo emocional dia hoje. O cara que matou a minha mãe estava em liberdade condicional até esta manhã.Todos nós tivemos que nos dirigir até a prisão para estar lá para a audiência, que foi às 8:30 da manhã. A prisão fica a mais de 3 horas e meia de distância, por isso foi uma longa viagem cedo. Felizmente tudo correu bem para nós. Foi negada a liberdade condicional a ele e tem que esperar mais quatro anos até seu próximo."
Taj Jackson -  outubro de 2007

 ANIVERSÁRIO DA MAMÃE
"Embora seja 01 de abril e oficialmente April Fools Day, hoje também marca o aniversário da minha mãe. Ela estaria completando 53 este ano. Me deparei com este filme, enquanto trabalhava em nosso documentário 3t, "Vivendo com o Legacy". Ele mostra apenas um pequeno vislumbre do que a nossa relação com nossa mãe era assim ... Eu realmente sinto falta dela. "
Taj Jackson - 1 de abril de 2008 - aniversário de 53 anos de sua mãe

"01 de abril tem sido sempre um dia difícil para mim. Enquanto todo mundo está curtindo suas tolas  piadas e brincadeiras de abril com os outros, estou tristemente lembrado do aniversário da minha mãe. Todos os anos neste dia, eu relembro os bons momentos que tive com ela. Em um período tão curto de tempo, ela foi capaz de incutir a chave dos valores que eu poderia precisar na vida. Ela foi e sempre será a minha principal bússola moral. Quando eu era jovem, ela iria me manter definitivamente em alerta e não me deixar sair com qualquer coisa. Eu ainda hoje vivo pelas regras dela  e posso ouvi-la no meu ouvido quando eu estou prestes a colocar a cabeça na direção errada. Estou tão agradecido por eu ser capaz de gastar o pouco tempo que tive com ela. Eu nunca vou esquecê-la e influenciá-la em mim. Ela sempre será uma parte de mim."
 Taj Jackson - 1 de abril de 2010 - aniversário de 55 anos de sua mãe

Em tempo: a escola em que os filhos de Tito e Dee Dee estudaram é a mesma em que os filhos mais velhos de Michael estão estudando agora.
 
THE BUCKLEY SCHOOL



OBS: O artigo da revista People, cujo link está entre as referências abaixo, é uma exceção à regra em se tratando de Michael Jackson e sua família. Salve-se uma ou outra matéria, o que predominou foi o desrespeito aos assuntos relacionados a Michael Jackson.
Esta revista é uma das maiores hipocrisias da mídia.

Fonte:

http://findarticles.com/p/articles/mi_m1355/is_3_95/ai_54724882/?tag=rbxcra.2.a.11

http://www.people.com/people/archive/article/0,,20102218,00.html

http://www.buckleyla.org/four_fold_plan/index.aspx

http://www.tajjackson.com/

http://www.youtube.com/watch?v=V7IvkYz6lRg&feature=related 

3 comentários:

  1. Por que você diz que a morte de Dee Dee foi consequência do caso Chandler?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Rosynha. Obrigada pela visita e comentário.

      O desenrolar dos fatos caracteriza que esse homem - D. Bohana - era um vigarista que, ao conhecer uma ex-mulher de um membro da família Jackson, seria ela a solução para seus problemas financeiros.

      Ele matou ela de forma cruel, tudo indica que por motivo de ela não poder dar o dinheiro que ele precisava. Não fez o que ele quis, então, morreu.

      Essa morte brutal aconteceu 7 meses depois de Michael ter que passar por aquele acordo de milhões de dólares com Evan Chandler, e, cujos valores foram amplamente explorados pela imprensa.

      Quer dizer: o mundo, e d. Bohana, sabiam que Evan Chandler conseguiu milhões de dólares de Michael.

      A partir daí, foi a porta aberta para vigaristas, oportunistas, querer dinheiro da família Jackson. Abriu-se um precedente perigoso para que as pessoas mal intencionadas tentassem meios de tirar dinheiro deles.

      Corta o coração ver três filhos ficarem órfãos da mãe, como aconteceu com esses filhos do Tito. Infelizmente ela caiu nas mãos de um vigarista como esse Bohana.

      Eu não acredito que foi uma simples coincidência. A Dee Dee foi atraída por esse homem. É aquela situação de você encontrar a pessoa errada na hora errada, e cair numa armadilha.

      Que dó! Imagine o que ela sofreu nas mãos desse homem. É muita crueldade.

      Everthing for money.

      Excluir
  2. Eu não sei se fui clara nos raciocínios.

    ResponderExcluir